LOADING

Type to search

Tampa Bay Lightning na Final após outra decisão em OT

Resumos

Tampa Bay Lightning na Final após outra decisão em OT

Share
Tampa Bay Lightning na Final da Stanley Cup

No sábado, 19 de setembro, começou a Final da Stanley Cup de 2020, em Edmonton.

Para chegar à decisão, o Tampa Bay Lightning enfrentou um caminho cheio de percalços. Após o round robin, jogando com os Capitals, Bruins e Flyers, Tampa encarou o Columbus Blue Jackets no primeiro round. Ao contrário do ano passado, os Bolts passaram o time de Ohio por 4 jogos a 1. Posteriormente, jogaram contra a equipe atual vencedora do Presidents’ Trophy, Boston Bruins, que tinha como estrelas David Pastrnak e Brad Marchand, seguindo para a final da Conferência Leste mais uma vez por 4 jogos a 1.

Por fim, encararam a muralha defensiva do New York Islanders, comandada por Barry Trotz, série essa definida no jogo 6, por 4 jogos a 2. O jogo seis foi resolvido no overtime, novamente, e com isso, Tampa teve no total 185 minutos de overtime nos playoffs, tornando-se o único da história da NHL.

É notável que a equipe da Flórida tinha muito mais em jogo além de vitórias ou derrotas. Afinal, o fator mental da equipe foi a principal razão de ter avançado para a Final da Stanley Cup deste ano. A última vez que a equipe chegou à decisão foi em 2015, quando perdeu para o Chicago Blackhawks.

O início da série

O primeiro jogo do Tampa Bay Lightning e do New York Islanders deu a impressão de que a série poderia ser a primeira desses playoffs a ser concluída após quatro jogos. Tampa entrou no rinque após alguns dias de descanso, enquanto o Islanders passou por um Jogo 7 da série contra o Flyers.

A vantagem física contribuiu para um Jogo 1 com o placar mais elástico. Isso porque o Tampa ganhou a partida por 8 a 2. Brayden Point e Nikita Kucherov tiveram 5 pontos cada, fazendo com que o russo entrasse em uma seleta lista de jogadores que conquistaram mais mais assistências (20) em menos jogos (19), igualando-se a Jonathan Toews e Sidney Crosby.

A força do Islanders

O Tampa venceu o Jogo 2 abrindo uma vantagem de 2 a 0. Contudo, Brayden Point, fundamental no andar da série, lesionou-se e perdeu o terceiro confronto. Assim, os Islanders souberam aproveitar dos espaços deixados pelo atacante.

Na terceira partida, os Isles terminaram com 5 gols a 2 de Tampa, deixando evidente a falta do jogador canadense. O Jogo 3 foi intenso e estava empatado por 3 a 3 no terceiro período, quando Anthony Beauvillier, autor de 9 gols nos playoffs, fez um passe para Brock Nelson que lançou para as redes de Andrei Vasilevskiy.

Dessa forma, Tampa levava uma vantagem de 3 jogos a 1 contra os Isles. O Lightning teria a chance de terminar as séries em 5 jogos.

Entretanto, Barry Trotz e os Islanders não deixariam isso acontecer. A equipe de Nova York saiu em vantagem após Ryan Pulock abrir o placar do jogo no primeiro tempo. Contudo, o defensor Victor Hedman do Tampa marcaria depois, empatando o jogo no segundo tempo. Com o placar em 1 a 1, o jogo iria novamente para overtime. Mas foi apenas no segundo overtime que o Islanders conquistaram a vitória.

Jordan Eberle recebeu o puck do capitão Anders Lee, e não pensou duas vezes em marcar o gol. Com a série em 3 a 2 para Tampa, a rodada ainda não estava definida.

No Jogo 6, Jean Gabriel Pageau fez um gol no empty net e os Isles saíram com uma vitória importante, mantendo a série em 2 a 1 para Tampa. O quarto jogo, contudo, aumentaria a vantagem nas séries do Tampa. O retorno de Brayden Point foi fundamental para os Bolts liderarem mais uma vez o placar, levando o confronto por 4 a 1.

Tampa Bay Lightning campeão da Conferência Leste

O último jogo estava em aberto, porém foi Tampa quem conseguiu dar um ponto final para a série e conquistar a Conferência Leste. Porém, não de uma forma fácil.

Após Semyon Varlamov parar os shots do Lightning, o jogo seguiu novamente para overtime. No tempo regulamentar, a partida terminou novamente em 1 a 1, com gols de Devon Toews e Victor Hedman. Diferentemente do jogo anterior, Tampa não demorou muito para decidir a partida. Com apenas 7 minutos, Anthony Cirelli marcou o gol da vitória dos Bolts.

Apesar de Varlamov ter feito 46 defesas, não foi o bastante para que New York forçasse um jogo 7. Antes disso, Brock Nelson teve sua chance impedida quando Vasilevskiy defendeu um breakaway dele em um penalty kill.

Assim, os Isles deram adeus ao sonho da Cup após jogarem uma Final de Conferência pela primeira vez desde 1993. A final foi decidida, entre Dallas Stars e Tampa Bay Lightning.

Fato curioso é que essa final será entre as duas equipes da NHL localizadas mais ao sul dos Estados Unidos, disputada na cidade com um time mais ao norte na liga.

Vale ressaltar que os Stars também tiveram um caminho complicado até a decisão. Ao terem passado do Colorado Avalanche, grande favorito do Oeste para ganhar a Stanley Cup, a equipe mostrou que veio para a pós-temporada com uma missão. Essa missão é trazer a taça de volta ao Texas.

Atuações notáveis

Primeiramente, não podemos ignorar a atuação incrível de Semyon Varlamov, crucial para que os Islanders chegassem às finais de conferência.

Contudo, o maior destaque do Tampa Bay Lightning foi justamente um ataque poderoso que conseguiu ultrapassar as habilidades de Varlamov. Brayden Point, Nikita Kucherov, Ondrej Palat são os jogadores mais importantes do ataque atualmente, atuando juntos na primeira linha.

Até o fim do terceiro round, Point possuía nove gols e 25 pontos nos playoffs, marcando gols em momentos cruciais. Já Kucherov liderava os rankings de pontos dos playoffs, com 26. Ele teve seis gols e 20 assistências, o que mostra muito sua capacidade de fazer jogadas e repassar para seus colegas de equipes quando é preciso. Palat, por sua vez, complementa a linha que vem sendo fundamental para o Tampa nessa temporada.

Na defesa, Victor Hedman e os veteranos Ryan McDonaugh e Kevin Shattenkirk tem feito um bom trabalho de bloquear os disparos e de tirar o puck da zona de defesa. Com isso, o elenco do Tampa é sólido e oferece perigo para qualquer equipe.

O que esperar da série contra Dallas Stars

A equipe texana saiu na frente, com uma vitória gigantesca por 4 a 1. O time, comandando por Jamie Benn, está revigorado após um descanso de quase uma semana. Com certeza a série será apertada, já que as duas equipes são extremamente talentosas.

Os dois goleiros, russos, têm feito um trabalho espetacular. Anton Khudobin simplesmente tem sido um dos melhores jogadores do elenco de Dallas, e Andrei Vasilevskiy já ocupava o mesmo posto em Tampa. Agora, cabe saber quem será melhor (ou quem terá mais sorte) para fazer a equipe ganhar. O ataque de Dallas também não pode ficar para trás, afinal de contas, nomes como Denis Gurianov e Miro Heiskanen são fundamentais. Gurianov tem nove gols e Heiskanen lidera a equipe com 23 pontos.

Foto: Reprodução/NHL.com

Tags:

1 Comment

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this: