LOADING

Type to search

San Jose Sharks sai na frente no Round 3 após vitória contra os Blues

Notícias

San Jose Sharks sai na frente no Round 3 após vitória contra os Blues

Share
Vitória polêmica no overtime de Sharks contra Blues

San Jose Sharks e St. Louis Blues fizeram um Jogo 3 disputadíssimo na noite dessa quarta-feira (15), resolvido no overtime. O jogo teve vários lances polêmicos, entre eles, o gol de Erik Karlsson. O ponto que resolveu tudo para os Sharks, por exemplo, se originou de um handpass de Timo Meier não apitado pelos juízes.

Sharks 5, Blues 4 (OT)

Agora no Missouri, St. Louis Blues tinha tudo a seu favor para conseguir uma vitória importante. Isso garantiria a vantagem na série da final da Conferencia Oeste. Porém, quem começou jogando muito bem foi o visitante da casa.

Em primeiro lugar, os Blues tiveram uma grande chance parada por Martin Jones. Apesar de o goleiro ter cedido quatro gols, ele teve uma atuação impecável, impedindo muitos pucks de entrar. Por outro lado, os Sharks estavam muito ofensivos também. O resultado disso foi o primeiro gol da noite, aos 13:37, feito por Karlsson, marcando seu primeiro gol dos playoffs.

O sueco mandou um belo wrist shot do meio da zona neutra. Mesmo com toda sua incrível habilidade, Jordan Binnington não pode fazer nada. Aos 16:58, menos de quatro minutos depois, Joe Thornton ampliou, após um rebote de defesa.

Começando o segundo período, logo depois de Binnington defender um puck perigoso, Alexander Steen dominou e, jogando com
Ivan Barbashev, conseguiu o primeiro gol do time da casa. Foi uma bela jogada de contra-ataque dos bluenotes.

Entretanto, os tubarões responderam logo em seguida, apenas 18 segundos depois de os Blues marcarem o primeiro gol. Joe Thornton marcou seu segundo da noite, deixando o time em vantagem por 3 a 1.

Desatenção dos Sharks possibilitou incrível virada do Blues

A partir do segundo período, os Sharks não tiveram uma boa atuação e deixaram o time da casa comandar o jogo. O resultado disso foi um golaço de Vladimir Tarasenko para deixar os Blues vivos no jogo. Placar 2 a 3.

Por consequência da falta de atenção do time da Califórnia, David Perron empatou o placar aos 16:03, deixando tudo 3 a 3. Além disso, quando faltava apenas um minuto para terminar o segundo tempo, Perron fez seu segundo durante o power play. Placar ficou 4 a 3 em Missouri.

O terceiro período, portanto, seria muito disputado. Quem basicamente salvou para os tubarões foi Jones, que segurou pucks muito importantes e necessários. Ao final, quando Jones foi para o banco para colocar um atacante extra, Logan Couture marcou seu 14° gol dos playoffs. Com o gol de empate para os Sharks, o jogo iria para o overtime.

Em overtime, Erik Karlsson marcou seu segundo gol da noite

O jogo foi decidido no overtime, após Timo Meier ter sofrido um tripping não marcado pelos juízes e ter lançado o puck com sua mão para Erik Karlsson. De acordo com as regras da NHL, se um jogador faz um handpass para seu colega fora da zona defensiva do seu time, os juízes deveriam parar a jogada. Além do mais, esse tipo de lance não é revisável. Ou seja, no fim, o que valeu é o que foi decidido naquele momento no rinque.

Com isso, o San Jose Sharks ganhou. Porém, o jogo foi marcado por muitos lances não apitados. No meio do jogo houve um delay of game óbvio do time da casa, e os juízes deixaram passar. Os times se encontram novamente no Missouri nessa sexta (17). Com certeza, será um jogo muito disputado.

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d blogueiros gostam disto: