LOADING

Type to search

Os 10 melhores novatos suecos

Curiosidades Traduções

Os 10 melhores novatos suecos

Share
Elias Pettersson dispara contra o Detroit Red Wings
Texto original disponível em: Les 10 Meilleures Recrues Suedoises (16/11/2018) | Agence QMI

Com 17 pontos em 15 partidas, Elias Pettersson não só caminha em direção ao Calder, mas o atacante dos Canucks também poderia figurar, ao final da temporada, entre os rookies suecos mais produtivos da história da NHL. Seria ele capaz de repetir as façanhas de seus compatriotas?

1. Peter Forsberg – Quebec Nordiques

Estreando pelos Nordiques na curta temporada de 1994-95, o atacante Peter Forsberg certamente conta na lista de melhores novatos vindos da Suécia. Ele somou 50 pontos em 47 partidas na sua primeira campanha na NHL. Somente atrás de Joe Sakic como maior pontuador dos Nordiques naquela temporada, Forsberg teve, no entanto, um plus minus de +17.

2. Henrik Lundqvist – New York Rangers

O goleiro Henrik Lundqvist deu início a sua carreira na NHL na temporada de 2005-06, rapidamente conquistando seu lugar nos Rangers. Ele mostrou um desempenho de 30-19-9, uma média de gols sofridos de 2,24 e um percentual de defesas de .992. Ainda assim, ele terminou em 4º na disputa pelo Calder (atrás de Alex Ovechkin, Sidney Crosby e Dion Phaneuf), mas em 3º pelo Vezina, superado apenas, nessa ocasião, por Miikka Kiprusoff e Martin Brodeur.

3. Mikael Renberg – Philadelphia Flyers

No coração de um ataque devastador, contando igualmente com Mark Recchi, Eric Lindros e Rod Brind’Amour, o atacante dos Flyers Mikael Renberg acumulou um impressionante total de 82 pontos, dos quais 38 gold, em 83 partidas na sua primeira temporada, em 1993-94.

4. Nicklas Lidstrom – Detroit Red Wings

O lendário defensor sueco Nicklas Lidstrom não demorou para se impôr na Liga, com seus 60 pontos em 80 jogos, em 1991-92, no uniforme do Detroit Red Wings. O atacante russo Pavel Bure acabou se fazendo favorito ao troféu Calder, no entanto.

5. Jorgen Pettersson – St. Louis Blues

Chegando à América do Norte aos 24 anos, o atacante Jorgen Pettersson apresentou a melhor média de pontos por partida (1,18) entre os rookies suecos na história da NHL. Ele obteve 73 pontos em 62 partidas, em 1980-81, vestindo a camisa do St. Louis Blues.

6. Mats Naslund – Montreal Canadiens

O “pequeno Viking” Mats Naslund encantou os torcedores dos Canadiens, em 1982-83, com uma marca de 71 pontos em 74 jogos. Seu plus minus de +35, ainda, foi o melhor entre os jogadores do Tricolor naquela temporada.

7. Stefan Persson – New York Islanders

O defensor Stefan Persson viveu os bons anos dos Islanders. Em sua primeira temporada, em 1977-78, o sueco chegou a 56 pontos em 66 partidas. Durante sua carreira, ele ganhou quatro vezes a Stanley Cup, junto dos Islanders.

8. Kjell Dahlin – Montreal Canadiens

Nenhum outro novato marcou tantos gols quanto Kjell Dahlin na história do Montreal Canadiens. Em 77 jogos, ele balançou a rede 32 vezes, totalizando 71 pontos para o Tricolor em 1985-86. Por conta das lesões, Dahlin não acabou tendo a carreira esperada na NHL. Ele ao menos teve tempo de levantar a Stanley Cup.

9. Nicklas Backstrom – Washington Capitals

Na história recente da NHL, o atacante Nicklas Backstrom se destacou com seus 69 pontos em 82 partidas na sua primeira temporada com o Washington Capitals, em 2007-08. No entanto, ele não conseguiu o Calder. Patrick Kane, do Chicago Blackhawks, acabou sendo escolhido como rookie do ano.

10. Pelle Lindbergh – Philadelphia Flyers

O goleiro Pelle Lindbergh teve bons momentos em sua primeira temporada na NHL. O sueco participou de 40 jogos em 1982-83, anotando 23 vitórias. Promessa de uma carreira de sucesso, Lindbergh, no entanto, foi morto em um acidente de carro em 1985 [aos 26 anos]. Alguns meses antes ele havia ganhado o troféu Vezina. [Foi o primeiro goleiro europeu a fazê-lo na NHL.]

 

Foto: Reprodução/Le Journal de Montréal

Tags:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Next Up

%d blogueiros gostam disto: