LOADING

Type to search

O que você precisa saber sobre o Draft 2020

Resumos

O que você precisa saber sobre o Draft 2020

Share

Após muitas turbulências e reviravoltas, a temporada 2019/20 da NHL chegou ao seu fim. E com grande êxito por parte das bolhas, assistimos o Tampa Bay Lightning se tornar o novo campeão da Stanley Cup 2020.

Portanto, o fim da temporada significa uma coisa para o fã de hockey: o Draft. Depois de muitas decisões e medidas criadas pela NHL, o Draft 2020 da Liga enfim acontece hoje, às 20 horas (BRT). 

E para você que, assim como nós, vai acompanhar o evento, trouxemos um guia com tudo que você precisa saber sobre o Draft desse ano. 

Um breve resumo sobre o que é o Draft

Para simplificar, o Draft é um evento organizado pela Liga Nacional de Hockey, com o intuito de dar a oportunidade aos times de selecionarem novos talentos que ainda não fazem parte da NHL.

O evento conta com 7 rodadas onde, cada um dos 32 times, dependendo de suas transições durante a temporada, tem a oportunidade de escolher seus futuros atletas. Tecnicamente, cada time tem sua chance de selecionar um jogador por round. Mas, ao longo do ano, diversas equipes fazem trades em que, para obter algum jogador, cedem seus Draft picks. E é dessa forma que muitas franquias acabam subindo suas posições na tabela, ou ficam com diversas escolhas em um mesmo round – como foi o caso do Ottawa Senators na temporada passada.

O Draft normalmente acontece durante o verão norte-americano . No entanto, com a pandemia do COVID-19, a Liga tomou, no início do ano, a decisão de adiar o evento de 2020, com a intenção de prezar pela saúde de todos. 

Quando a NHL decidiu criar um plano de retorno para suas atividades, o Draft também entrou na pauta. E com tudo que tem acontecido no mundo, a pergunta era a mesma entre todos que acompanham o esporte: como o evento se daria neste ano?

O Draft deste ano

Anteriormente, o Draft estava marcado para acontecer em Montreal, Quebec, durante os dias 26 e 27 de junho de 2020. Mas, com a pandemia se alastrando pelos Estados Unidos, e também pelo Canadá, a NHL decidiu adiar, em Março, a temporada 2019/20 e todos os eventos presenciais que ocorreriam durante o ano.

Todavia, após confirmar a volta da temporada através de um plano de retorno bastante rígido, que contou com as bolhas de Edmonton e Toronto, a Liga entendeu que existiam maneiras de realizar o Draft sem colocar a saúde das equipes e participantes em risco. 

Após muitas especulações, Gary Bettman confirmou em um comunicado, no dia 11 de setembro deste ano, que o Draft seria realizado de forma virtual em 2020 através de uma videoconferência. Enquanto Gary Bettman se encontrará nos estúdios da NHL Network, em New Jersey, cada time participará do evento de suas instalações, ou lugar de sua preferência. Já os prospects poderão acompanhar o evento do conforto de suas casas. Uma experiência um tanto quanto diferente e inovadora, não apenas para a própria NHL, mas também para os fãs, que acompanharão, pela primeira vez, a solenidade neste formato.

A intenção da NHL é que, através da tecnologia, eles possam “unir as pessoas na América do Norte e na Europa e dar aos telespectadores uma visão única de dentro [do evento]”. A NBCSN, SN e TVAS transmitirão a primeira rodada, que ocorre hoje (20). Em relação aos demais rounds, será a própria NHL Network que se encarregará de transmitir o evento.

A loteria 

Para que a temporada voltasse, a NHL precisou fazer muitas mudanças. Entre estas, elaborar um formato de competição no qual 24 times disputaram a pós-temporada. Deste total, dezesseis equipes, que se encontravam, antes da pausa, em colocações abaixo dos 4 primeiros colocados de cada conferência, foram selecionadas para disputar os Qualifiers. Assim, em 8 séries diferentes, um time saiu vitorioso por série e classificou-se para a próxima etapa, o primeiro round dos playoffs.

E é aqui que as coisas começaram a acontecer de forma diferente no Draft. Após a criação do formato, ficou definido que os times eliminados nos Qualifiers teriam a mesma oportunidade que as 7 equipes que não foram incluídas no plano de retorno da Liga de disputar pelas primeiras colocações do Draft 2020. Algo que acabou gerando muitos discussões opostas, já que alguns acharam justo, e outros nem tanto. 

Apesar disso, a NHL continuou com o plano e realizou a primeira fase da Loteria do Draft em 26 de junho de 2020. Aqui, a Liga acabou realizando o sorteio que definiu as 3 primeiras posições. Como dito antes, apenas 15 times participaram da primeira fase, sendo os sete não classificados e os oito que ainda estavam disputando os Qualifiers

Através do sorteio, ficou definido que a equipe com a primeira seleção overall seria uma das oito equipes que disputaram os qualifiers. Já a segunda posição ficou com o L.A. Kings, enquanto a terceira foi para o Ottawa Senators.

Como uma equipe dos Qualifiers acabou ficando com uma das três primeiras escolhas, a Liga realizou uma segunda fase da Loteria. Assim, o time selecionado poderia ser definido apenas entre as oito equipes das qualificatórias

Em 10 de agosto, a NHL realizou então a segunda fase da loteria. Esse é o primeiro Draft onde uma equipe que estava em alguma fase dos playoffs poderia garantir o primeiro lugar overall. Portanto, após o sorteio entre os oito times, ficou definido que, o detentor da primeira seleção geral é o New York Rangers.

As sete equipes não selecionadas acabaram ficando com as escolhas de nove a quinze, baseadas na ordem inversa da porcentagem de pontos de ambos. Ou seja, os com a menor quantidade de pontos obtiveram as melhores seleções. 

Punição do Arizona Coyotes

No início de 2020, vieram a tona denúncias sobre violações das políticas da NHL por parte do Arizona Coyotes. E por isso, em janeiro deste ano, a Liga abriu uma investigação contra o time após suspeitar que a equipe havia convidado alguns jogadores elegíveis ao Draft para realizarem testes físicos de forma secreta. O ato é considerado conduta proibida de acordo com as políticas internas da NHL. E isso se dá porque, de certa forma, o time em questão acaba tendo vantagem sobre os demais no Draft.

Após uma audiência, em 6 de agosto, a equipe reconheceu a violação e recebeu uma punição. Portanto, devido a má conduta, o time acabou perdendo seu second round pick deste ano, e também uma escolha do primeiro round em 2021.

Para este ano, a equipe ainda possui mais 4 escolhas que se dão a partir da quarta etapa do evento. Anteriormente, o time possuía uma escolha no primeiro round, porém acabou perdendo para os Devils na trade que envolveu Taylor Hall. Da mesma forma, caso ainda possuísse a escolha, a NHL acabaria excluindo esta do time como punição pela violação. 

As colocações dos times 

Após todas as definições e punições, enfim temos as colocações já definidas de cada time no Draft deste ano. No primeiro round, Ottawa Senators e New Jersey são os times que possuem maior quantidade de escolha (três cada). Já em relação a todos os rounds do evento, é o Montreal Canadiens que é o detentor da maior quantidade de picks, com 14. Atrás dele ficam os Senators (13) e os Kings (11).

Confira na imagem abaixo como ficou a colocação final para o first round:

Ordem Draft 2020 Primeira Rodada

As demais colocações e ordem dos rounds restantes vocês podem conferir na página do Draft no site da NHL.

Foto: Reprodução/nhl.com

Tags:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this: