LOADING

Type to search

Connor McDavid: uma análise

Sem classificação

Connor McDavid: uma análise

Share

A temporada mal começou e Connor McDavid já começou a quebrar recordes. Na vitória de 5 a 4 dos Oilers em cima dos Jets na última terça (16), McDavid se tornou o jogador com o maior numero de pontos nos primeiros 9 jogos do seu time na NHL. Este recorde antes pertencia a Adam Oates pelo Red Wings, datado de 1986-87.

Dessa forma, McDavid voltou aos holofotes e à discussão se ele seria o melhor jogador de hockey da atualidade. Para Sidney Crosby, capitão do Pittsburgh Penguins, não há dúvidas de que McDavid merece essa nomeação. “McDavid se destacou com base nos prêmios e elogios que recebeu e na consistência que teve. Eu acho que é justo dizer que é uma escolha fácil por isso”, disse ao site da NHL.

Início da carreira

Connor McDavid chegou à NHL como a primeira escolha do Draft de 2015 pelos Oilers. Apesar de ter perdido 37 jogos por causa de uma clavícula quebrada, ele marcou 48 pontos em 45 jogos e por pouco também não ganhou o Calder Trophy como rookie of the Year.

Na sua segunda temporada pela liga, conquistou três troféus: o Art Trophy (maior pontuador), Hart Memorial Trophy (jogador mais relevante no seu time) e o Ted Lindsay Award (votado como melhor jogador da liga pelos próprios jogadores). De lá pra cá, esse número de troféus só foi aumentando. E, repetiu o feito do Art Trophy e do Ted Lindsay Award pela segunda temporada seguida no último ano (2017-18).

McDavid foi nomeado capitão dos Oilers em 5 de Outubro de 2016. Assim, ele se tornou o mais jovem capitão atuante na Liga, aos 19 anos e 266 dias. Ele era apenas 20 dias mais novo que Landeskog quando nomeado a capitão dos Avs. Com apenas 21 anos, Connor McDavid também já ganhou duas vezes seguidas como o patinador mais rápido no All Star Game (2017 e 2018). Essa velocidade impressiona durante os jogos na temporada, quando McDavid carrega o Oilers nas costas em busca de resultados.

Novos desafios

Na temporada 2016-17, McDavid chegou a marca de 100 pontos em 82 jogos. Em 2017-18, foram 108 pontos no mesmo número de jogos. E por enquanto, pela temporada 2018-19, com apenas 4 jogos, McDavid já acumula 9 pontos. Destes, foram 4 pontos por gols, e 5 em assistências. Se ele continuar com essa constante, podemos esperar uma temporada maior ainda para este jovem jogador.

Mas neste ano, McDavid pode enfrentar concorrência ao Art Trophy. Auston Matthews (Leafs), vem apresentando um jogo forte e decisivo, e já marcou dez gols em apenas 7 jogos (um total de 16 pontos). Além de Matthews, McDavid também irá competir com Nathan MacKinnon (Avs), que soma 10 pontos em 6 jogos, e outros grandes nomes que sempre são surpresa ao longo da temporada.

A temporada está apenas no início e ainda é difícil determinar as surpresas que teremos ao longo do caminho. O Edmonton Oilers quer chegar aos playoffs, e apesar de coletar prêmios individuais, McDavid sabe que é preciso de muito mais do que apenas seu talento.

 

Foto: Reprodução/ PERRY NELSON-USA TODAY SPORTS/ Via Oilersnation.com

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d blogueiros gostam disto: